6.13.2010

Contos de fadas...

"A sociedade contruída com base nos contos de fadas. Assim que nascemos é nos logo impingido uma série de histórias com um final feliz. Passamos a nossa vida em busca de um princípe encantado, que nos espera, montado num místico cavalo branco. E esse ditos "princípes habituaram-se a não ter de se esforçar para arranjar uma princesa encantada apenas por uns dias, e depois outras nos proóximos dias... Essas meninas sonhadoras com aquele sonho que lhes foi impigido, e passam pela mão de todos aqueles rapazes que elas pensar ser "o seu princípe encantado" e só elas saem magoadas e a chorar daquele sonho que se acabou por revelar um pesadelo, enquanto or rapazes se limitam a por mais um nome na sua infinfável lista e dizer "ahah, mais uma parva que pensa que ia ser 'especial' ". E as ditas meninas vão para casa a chorar pelo seu conto de fadas ter tido um final tão trágico, e não passar de uma mera mentira, e elas eram apenas mais uma a acrescentar naquela lista. Mas não é por isso que elas desiste e deixam de sonhar que um dia vaia haver alguem a escrever a sua história de amor como "...e apareceu o princípe encantado e viveram felizes para sempre". Continuam a acreditar que vai haver um final feliz, que vai haver sempre um castelo encantado na floresta, que vai haver um principe bonito que as vem salvar, que vão viver felizes para sempre, e que tem direito àquilo a que todas as princesas dos desenhos animados tiveram. Enquandot os meninos ficam a gabar-se da sua lista cada vez maior e a dizer "a minha é maior que a tua" e as meninas igénuas ouvem aquilo mas pensam sempre que com elas vai ser sempre diferente, dizem a si próprias "eu vou ser especial, eu vou ser mais do que 'só mais uma' naquela sua lista". Tentam mentalizar-se disso, para aliviar a dor que sentem causada pela desilusão que a verdade provoca, e que está sempre presente naqueles seus coraçõesinhos sonhadores e esperançosos. Mas algumas, algumas conseguem ser especiais. Os meninos negam porque não querem perder a reputação, os seus admiradores e para a sua lista não deixar de ter significado. Mas essas meninas especiais, mesmo eles negando, sabem o que são,o que foram, e o que serão durante muito tempo..."